O Guia Completo do Protetor Solar

Tempo de leitura: 6 minutos

É fundamental proteger nossa pele dos efeitos nocivos dos raios UVA e UVB do sol a fim de se evitar o envelhecimento precoce e, principalmente, do câncer de pele. Entenda aqui a importância do protetor solar.

Depois do artigo em que eu contei que portadores de doença de Crohn tem mais propensão a desenvolverem câncer de pele, ficou evidente a necessidade de um artigo para comentar sobre o protetor solar, que deve ser encarado por nós como um medicamento de uso diário e obrigatório.

Mesmo que você não tenha nenhuma doença crônica, o protetor solar é fundamental!

Neste artigo você terá um guia completo sobre protetor solar.

Qual a diferença entre UVA e UVB? E pra que serve o tal do FPS?

É preciso ficar atento e verificar se o protetor solar que você está usando oferece a dupla proteção aos raios UVA e UVB. Explico logo abaixo a diferenças entre esses dois tipos de radiação.

Radiação Ultra Violeta A (UVA)

A radiação UVA representa mais de 95% dos raios do sol, é invisível aos olhos e não é absorvida pela camada de ozônio do planeta. É a radiação UVA a responsável pelo bronzeamento.

Porém, nem tudo são flores, e a UVA penetra na pele de forma profunda, por isso é grande responsável por parte dos índices mundiais de câncer de pele, pelo envelhecimento precoce e aparecimento de manchas e rugas.

Fique atento porque a radiação UVA é presente durante todo o ano e atinge praticamente da mesma forma em todas as épocas do ano, seja no inverno, seja no verão.

Apesar de ser menos intensa que a radiação UVB, a radiação UVA também é perigosa e não é totalmente bloqueada pelo protetor solar.

Radiação Ultra Violeta B (UVB)

A radiação UVB também é invisível aos olhos e é absorvida de forma parcial pela camada de ozônio. É a radiação UVB a responsável pela queimadura da pele.

É a exposição aos raios UVB que deixa a pele vermelha, ardendo e descamando.

A radiação UVB também oferece riscos de câncer de pele e de envelhecimento precoce.

Fique atente para o horário: a radiação UVB é mais intensa entre às 10h e 16h.

Fator de Proteção Solar (FPS)

Você deve saber que existe uma infinidade de produtos para proteção aos raios UVA e UVB. Além disso, o protetor solar tem um número indicativo, o chamado FPS, que serve para indicar o tempo de proteção.

Simplificando, se você não utilizar proteto solar, normalmente você começa a se bronzear cerca de 12 minutos após o início da exposição ao sol. Um protetor solar com FPS 10 deixará você protegido por 10x mais tempo, ou seja, 120 minutos (12 x 10 = 120).

O protetor solar vai atrapalhar na produção de vitamina D?

Eu já havia escrito que a vitamina D faz parte de uma das 10 vitaminas essenciais para quem tem doença de Crohn, então não faria sentido eu voltar aqui e falar para vocês fazerem uma coisa que atrapalhará na produção de vitamina D.

Porém, de acordo com pesquisas recentes, infelizmente há uma diminuição dos níveis de vitamina D em quem usa protetor solar diariamente. O lado bom é que essa diminuição não é capaz de gerar uma deficiência. Para que o organismo consiga as doses ideais de vitamina D bastam de 10 a 15 minutos de exposição ao sol a cada dois dias.

A dica aqui é sempre fazer exames para verificar os níveis de vitamina D.

Cerca de 90% da nossa vitamina D é adquirida pelo sol e os outros 10% por meio da alimentação. Alguns alimentos ricos em vitamina D incluem leite, ovos, manteiga e peixes de água fria (salmão, por exemplo).

Para uma melhor absorção de vitamina D é interessante se expor ao sol por cerca 10 a 15 minutos, três vezes por semana sem o uso de protetor solar. Já é o suficiente. Essa exposição pode ser feita durante uma caminhada e com uso de bermuda e camiseta, uma vez que as áreas do corpo que estarão expostas nesse caso serão os braços, as pernas, o rosto e o pescoço.

Lembre-se, para uam exposição de maior tempo, o uso de protetor solar é muito importante!

Como e quando aplicar o protetor solar?

O protetor solar deve ser aplicado antes da exposição ao sol. Cerca de 30 minutos antes já é o suficiente para que o produto seja absorvido pela pele.

É necessário reaplicar o produto a cada duas horas ou após um banho de mar ou piscina.

A quantidade correta de protetor solar a ser aplicada é de 2mg/cm², ou seja, aproximadamente uma colher de chá para o rosto e uma colher de sopa para cada uma das outras partes.

Erros ao aplicar o protetor solar

Fique bastante atento para não cometer os erros abaixo, que são os mais comuns.

ERRO #1 – Só usar o protetor solar na praia/piscina

Protetor solar é item obrigatório!

Você com certeza não deixaria de tomar seu remédio todos os dias, então faça o mesmo com o protetor solar. Lembre-se de diariamente, pela manhã, passar o filtro especialmente nas áreas do corpo que ficam mais expostas à luz do sol, como o rosto (incluir as orelhas), o pescoço, os braços e as mãos.

Para as mulheres, não esqueçam de passar protetor solar no colo também e não se preocupem em passar maquiagem por cima.

ERRO #2 – Não reaplicar o protetor solar periodicamente

Esse é um erro muito comum! O protetor solar deve ser reaplicado depois de entrar na água (mesmo aqueles que não saem na água) ou após duas horas de exposição solar.

ERRO #3 – Passar o protetor solar durante a exposição solar

É importante aplicar o protetor solar de 15 a 30 minutos antes da exposição ao sol para que haja tempo suficiente para o produto ser absorvido pelo corpo.

O ideal é passar o protetor solar ainda em casa, mas caso você esqueça, passe o protetor na sombra e espere um pouco antes de se expor ao sol.

Qual protetor solar usar?

Vou fazer umas recomendações sobre algumas marcas de protetor solar disponíveis no mercado e que eu confio. Converse com seu dermatologista a respeito e entenda qual usar.

1. Solar Expertise Toque Seco FPS 60 (L’Oréal Paris)

É um protetor solar para o rosto e para uso diário. Apresenta toque seco e proporciona controle da oleosidade, reduzindo o brilho. Ótimo para peles oleosas.

Sua fórmula é de alta proteção contra os raios UV, prevenindo rugas e manchas solares.

2. Cetaphil UVA/UVB Defense FPS 50 (Cetaphil)

O Cetaphil Defense foi formulado especialmente para ser utilizado por pacientes que sofrem de dermatoses agravadas ou induzidas pela exposição solar.

3. Ultra Sheer Dry-Touch FPS 55 (Neutrogena)

Protetor Solar que proporciona uma solução altamente eficaz contra os raios UVA/UVB.

Tem formulação leve, não-oleosa e com toque seco.