Campanha: Seu intestino mudou?

Tempo de leitura: 1 minuto

seuintestinomudou

Ontem soube que o Grupo de Estudos de Doenças Inflamatórias Intestinais (GEDIIB) lançou uma campanha educativa bem legal: “Seu intestino mudou”?

A campanha surgiu após uma pesquisa revelar que brasileiro não conhece as Doenças Inflamatórias Intestinais (DIIs) e, na presença de alguns de seus sintomas (como dor abdominal e sangue nas fezes) a maioria prefere se automedicar ou “espera passar”.

Outra pesquisa, dessa vez na Europa, indicou que as DIIs cresceram até 15 vezes nas últimas cinco décadas.

Diarreia contínua, às vezes com sangue nas fezes, dor abdominal, quando associados a cansaço e perda de peso podem ser sinais de uma doença inflamatória intestinal (DII), como doença de Crohn e Retocolite Ulcerativa – doenças, que nos casos mais graves, podem levar à incapacitação física e à necessidade de cirurgia no intestino e reto, mas são praticamente desconhecidas da maioria dos brasileiros.Para alertar a população sobre a importância do diagnóstico precoce das Doenças Inflamatórias Intestinais, o GEDIIB – Grupo de Estudos das Doenças Inflamatórias Intestinais do Brasil, responsável pelo desenvolvimento de estudos, pesquisas e consensos sobre estas doenças, e a Federação Brasileira de Gastrenterologia, que reúne 64 especialidades médicas em todo o país, lançam em todo o Brasil a campanha pública Seu Intestino Mudou? que inclui distribuição de cartilhas e materiais informativos sobre as doenças, veiculação de spot de rádio, além de seminários para atualização médica.

A campanha é muito útil para a conscientização da população a respeito das Doenças Inflamatórias Intestinais, principalmente porque muitos de nós – portadores – ainda sofremos preconceito pela falta de informação das pessoas.

Parabéns aos envolvidos na campanha!!

Mais informações no site do GEDIIB (www.gediib.org.br) ou www.seuintestinomudou.com.br