Molécula IL-27 pode bloquear a Doença de Crohn

Tempo de leitura: 2 minutos

IL-27Pesquisadores da Universidade da Pensilvânia (U. Penn) identificaram uma molécula (IL-27) que acreditam poder parar inflamações. O resultado final é o bloqueio de um número de doenças autoimunes – como a Doença de Crohn. Esta descoberta pode ter um grande impacto sobre os pacientes que estão obtendo diferentes graus de sucesso com medicamentos imunossupressores para controlar suas doenças.

A equipe de pesquisa incluiu funcionários e alunos da Escola de Medicina Veterinária da U. Penn. Cientistas do Instituto Penn Genome Frontiers e da Escola de Medicina da U. Penn (Perelman School of Medicine) colaborou com a equipe de pesquisa, de acordo com o Medical News Today. Participaram também pesquisadores do Merck Research Laboratories, do Instituto Nacional de Alergia e Doenças Infecciosas, do Janssen R&D e da Escola de Medicina de Harvard.

Entre as doenças associadas ao sistema imunológico estão o lúpus, a asma, a esclerose múltipla e as doença inflamatórias intestinais (DII). O Crohn & Colite Foundation of America informa que cerca de 1,4 milhões de pessoas nos Estados Unidos sofrem de DII. Cerca de 700 mil delas têm a Doença de Crohn.

Apesar de décadas de pesquisa, os cientistas ainda não sabem exatamente o que causa a doença de Crohn. No entanto, eles acreditam fortemente que um sistema imunológico hiperativo faz com que o corpo ataque substâncias normalmente consideradas inofensivas ou mesmo benéficas, tais como alimentos e bactérias. Eventualmente, o organismo ataca seus próprios tecidos, causando inflamação. Outras suspeitas para a causa são a genética e fatores ambientais.

Os cientistas já sabem que certas formas de células T reguladoras – Tregs – detém vários tipos de inflamação. No entanto, eles não sabiam antes da pesquisa da U. Penn como essas células desenvolveram especializações efetuar essas atribuições.

Em 2005, pesquisadores da U. Penn trabalhando com camundongos descobriram que uma molécula chamada IL-27, na verdade, teve um papel no bloqueio de inflamações. Durante o estudo mais recente, eles descobriram que, quando eles expuseram Tregs a IL-27, as células desenvolveram maior capacidade para suprimir um tipo específico de inflamação. Depois de uma pesquisa adicional em ratos, eles concluíram que a IL-27 é necessária para fabricar as células Treg que normalmente mantêm uma cobertura em respostas inflamatórias durante infecções.

Posteriormente, a equipe descobriu que uma segunda molécula, o interferon gamma (IFN-y), também suprimiu a inflamação. Eles concluíram que as duas moléculas dividiram o trabalho, mas que a IL-27 é aparentemente mais importante no controle da inflamação no seu local original. Agora que eles entendem a relação entre a IL-27 e as células Treg, o objetivo é enorme: bloquear a inflamação associada com Crohn e outras doenças auto-imunes.

A descoberta de uma molécula que podem potencialmente bloquear a doença de Crohn é definitivamente encorajador para pacientes com qualquer doenças inflamatórias.

Traduzido e adaptado de: IL-27 Molecule Could Block Crohn’s Disease