Vitamina D pode combater a Doença de Crohn

Tempo de leitura: 2 minutos

Vitamina DUm estudo de 2010 descobriu que a vitamina D, disponível em suplementos ou em óleo de fígado de bacalhau, pode combater os efeitos da doença de Crohn. John White, endocrinologista do Centro de Saúde do Instituto de Pesquisas da Universidade McGill, liderou uma equipe de cientistas da McGill University e da Universidade de Montreal que apresentou suas conclusões sobre a doença inflamatória intestinal no Journal of Biological Chemistry.

“Nossos dados sugerem, pela primeira vez, que a deficiência de vitamina D pode contribuir para a doença de Crohn,” diz o Dr. White, professor do Departamento de Fisiologia da McGill University, notando que as pessoas dos países do norte, que recebem menos luz solar – que é necessário para o fabricação de vitamina D pelo corpo humano -, são particularmente vulneráveis à doença de Crohn.

A vitamina D, na sua forma ativa (1,25-di-hidroxivitamina D), é um metabólito que se liga a receptores nas células do corpo. O interesse do Dr. White na vitamina D era originalmente em seus efeitos atenuantes no câncer. Devido aos resultados permaneceram apontando para efeitos da vitamina D no sistema imunológico – especificamente o sistema imune inato, que atua como primeira defesa do organismo contra invasores microbianos -, o Dr. White começou a investigar a doença de Crohn. “É um defeito no sistema imune inato na movimentação das bactérias intestinais, que conduz a uma resposta inflamatória que pode levar a uma condição auto-imune”, destaca Dr. White.

Dr. White e sua equipe descobriram que a vitamina D atua diretamente sobre o gene beta-defensina 2, que codifica para um péptido antimicrobiano; e o gene NOD2 que alerta para a presença de células de micróbios invasores. Ambos (beta-defensina e NOD2) têm sido associados à doença de Crohn. Se o NOD2 é deficiente ou defeituoso, não pode combater os invasores no trato intestinal.

O que há de mais promissor sobre esta descoberta genética, diz Dr. White, é como ela pode ser rapidamente colocada à prova. “Irmãos de pacientes com doença de Crohn, que ainda não desenvolveram a doença podem ser aconselhados para se certificar de que eles não são deficientes em vitamina D. Isso é algo que é fácil de fazer, porque eles podem simplesmente ir a uma farmácia e comprar suplementos de vitamina D”.

“Esta descoberta é excitante, pois mostra como um suplemento de balcão como a vitamina D pode ajudar as pessoas a se defenderem contra a doença de Crohn”, diz Marc J. Servant, professor da Faculdade de Farmácia da Universidade de Montreal e colaborador do estudo . “Nós identificamos uma via nova para o tratamento de pessoas com doença de Crohn ou outras doenças inflamatórias intestinais.”

Adaptado e traduzido de: Vitamin D supplements could fight Crohn’s disease

 
  • Jaque

    Oi Thiago, boa tarde gostaria de saber se além da vitamina d você toma medicamentos.