Comprando remédios online

Tempo de leitura: 1 minuto

Semana passada recebi uma ligação de um jornalista do jornal O Dia, daqui do Rio de Janeiro. A ideia era me entrevistar para uma reportagem sobre a compra de remédios online.

A entrevista não vingou por um problema de horário meu, mas tomo a liberdade de reproduzir partes da reportagem no blog, afinal é de grande interesse dos leitores, que eu acredito que – assim como eu – compram muitos remédios caros.

Quem gasta mais de R$ 100 por mês com remédios ou fraldas economiza ao comprar pela Internet. Além da comodidade, há empresas que não cobram frete e oferecem descontos para vendas acima deste valor. Na Ultrafarma, www.ultrafarma.com.br, por exemplo, o abatimento em determinados medicamentos chega a 95%, caso do Captopril (de R$ 40,25 por R$ 2). Outro diferencial é o pagamento facilitado: os internautas podem parcelar em até três vezes sem juros no cartão de crédito.

A professora Elaine Galvão, 52 anos, aprendeu com a doença do pai, que tem 94 anos e sofre de Alzheimer, a garimpar remédios mais baratos nas farmácias virtuais: “O medicamento dele custa R$ 350, na Internet sai por R$ 175”. Ela conta que teve redução de 70% nos gastos nos demais remédios que compra.

Para aproveitar o frete grátis é importante fazer compras que ultrapassem os R$100. Uma das alternativas é comprar fraldas. As Drogarias Pacheco vendem pacote da Turma da Mônica Soft Touch média, com 24 fraldas, por R$ 17,99 no site, www.drogariaspacheco.com.br. Na Onofre, Pampers Supersec média com 40 sai por R$ 27,27, no site www.onofre.com.br. A Droga Raia vende o pacotão da Turma da Mônica médio, 54 unidades, por R$ 28,88. No site www.drogaraia.com.br .

Fonte: Jornal O Dia / Mais em: http://odia.ig.com.br/portal/economia/rem%C3%A9dios-ficam-at%C3%A9-95-mais-baratos-pela-internet-1.460958

 

 
  • Anna Luiza

    Nossa, fiquei impressionada com os descontos que se pode conseguir pela internet!! Inclusive pq minha avó gasta muito dinheiro com remédios pra cabeça!!!

    • Juliana Cortez

      Eu não sei se vcs tem conhecimento, mas os municípios tem farmácias de medicação de alto custo ou farmácias de medicamentos excepcionais (o nome depende do lugar) que são bancadas por estado/governo federal e que entregam a medicação gratuitamente. A unica coisa que vc precisa é de um formulário preenchido e assinado pelo medico, receitas e alguns exames. Não sei de todos os medicamentos fornecidos,mas sei que fornecem azatioprina, mesalazina e sulfalazina. Procure a secretaria de saúde do seu município para ter mais informações. Deixo aqui uma sugestão para tratar esse assunto em uma próxima publicação do blog.